Conforme você assistiu na aula anterior, já temos claro algumas formas de elaborar um objetivo concreto. E pode surgir ainda aquela dúvida: É melhor ter um objetivo e focar nele ou ter vários objetivos? E vou responder, depende da sua estratégia e dos resultados que você espera atingir.

Como administrar mais de um Objetivo?

Voltaremos para a história do nosso personagem, um rapaz meio perdido e que está passando por um processo de Coaching para resolver esse problema.

Nessa parte ele enfrenta um dilema quanto ao seus objetivos e precisa de ajuda para realizar todos eles.

Agora que Pedro sabe elaborar objetivos ele resolve criar vários para sua vida financeira, pessoal e profissional.

Com o passar dos meses percebe que alguns desses objetivos foram abandonados ou até mesmo esquecidos e a maioria dos que não foram esquecidos estão longe de ser alcançados.

Na sessão de coaching Pedro é questionado sobre qual dos objetivos é o principal no momento.

Ele responde que é o de alcançar a liberdade financeira ganhando mais do que R$ 1.500,00 ao mês até 01/09/2018.

No caso do Pedro por não ter uma estratégia bem elaborada e disciplina ele não consegue alcançar seus objetivos, fica sempre fazendo um pouquinho de cada um e nunca chega no resultado esperado.

Todos os esforços são direcionados ao objetivo de Liberdade Financeira, ganhando mais do que mil e quinhentos reais, enquanto as metas secundárias passam a fazer parte do mural de tarefas, com uma prioridade inferior.

Dessa forma nosso amigo caminha em direção ao seu objetivo principal sem deixar de lado outras metas, estipulando um novo objetivo principal sempre que finalizar o anterior.

Como definir um objetivo principal e objetivos secundários?

Um objetivo principal é aquele sonho que você sente que fará mais significado em sua vida e que irá impactar todas as suas demais metas, normalmente também exige um trabalho maior, mas nem sempre isso é uma condição.

Já as metas secundárias são tarefas que servem para atingir o objetivo principal ou que vão fornecer um estímulo na busca desse objetivo, ou seja, nem sempre elas estão ligadas a esse sonho e apenas atuam como pequenos desejos que você, mesmo assim, quer realizar para se satisfazer.

Por que ter um Objetivo para investir?

Sem um objetivo concreto você, provavelmente, se perderá durante o caminho até atingir o seu sonho e não conseguirá manter-se focado.

É comum que pessoas sem objetivos não consigam investir ou manter a disciplina durante o período inicial da Educação Financeira, pois os sacrifícios que fazem e os esforços feitos nessa direção parecem sem sentido ou propósito.

Na próxima aula vamos dar um salto no tempo e ver o que aconteceu com o agora determinado, Pedro.

Redação Criando Futuro

Assuntos reunidos e editados pela equipe do Criando Futuro, ajudando no seu desenvolvimento pessoal e suas finanças. Dúvidas ou sugestões, envie pelo Fale Conosco.