A parcela mínima é um jeito das administradores de cartões de crédito receberem algum dinheiro das pessoas que não podem pagar a dívida integral.

O perigo da parcela mínima é grande, pois quando você paga é de se esperar que esse valor diminua sua conta, porém não é isso que acontece.

Vamos explicar um pouco mais sobre esse problema e porque não achamos prudente pagar a parcela mínima, quando falamos de Educação Financeira.

Como funciona a parcela mínima?

A parcela mínima é o valor que se paga para pelo menos não sujar o seu nome, ou seja, constar nas listas de inadimplente de crédito das empresas.

Vou dar um exemplo para entender melhor essa pegadinha.

O Pedro comprou um celular no cartão de crédito no valor de R$ 800 e no outro mês pagou apenas a parcela mínima deR$ 160.

Na fatura seguinte ele vai se programou para pagar R$ 640 restantes, mas se esquece de incluir os juros de 13%, com isso a fatura ficou em 723,20 e ele não conseguiu pagar tudo, contiuando endividado…

Como fugir dessa armadilha?

Se programe, a disciplina é tudo para conseguir ter uma boa educação financeira.

Pagar a parcela mínima só não sujará o seu nome, porém os juros vão aumentar a sua dívida e ficará cada vez mais complicado pagar.

Vou cancelar meu cartão de crédito

Cancelar o seu cartão não é a saída para isso, na verdade você tem a culpa por não saber gerenciar esse pedaço de plástico.

É normal a empolgação de um primeiro cartão de crédito, a facilidade de parcelar em pequenos valores, jogar a dívida para os próximos meses e pagar as parcelas mínimas que são menores ainda que o saldo.

O cartão de crédito é um enorme amigo para te ajudar a controlar as despesas, pois ele mostra tudo que gastou no extrato e te impõe um limite de despesas, basta não ultrapassá-lo e nem fazer parcelas mais altos do que consegue pagar.

Quer saber os segredos do cartão de crédito?

No próximo vídeo falaremos as principais dicas para utilizar bem o seu cartão e não cair em ciladas.

Compartilhe isso com a sua família e amigos, ajude-os a sair das dívidas e ficar no positivo!

Redação Criando Futuro

Assuntos reunidos e editados pela equipe do Criando Futuro, ajudando no seu desenvolvimento pessoal e suas finanças. Dúvidas ou sugestões, envie pelo Fale Conosco.