Aulas

Resultado da Petrobras 2T21 (PETR3 e PETR4)

Resultado da Petrobras 2T21 (PETR3 e PETR4)

A Petrobras anunciou lucro líquido de US$ 8,1 bilhões no segundo trimestre do ano. A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (04/08), logo após o fechamento do mercado financeiro.

“A Petrobras atingiu excelentes resultados operacionais e financeiros no segundo trimestre de 2021, com lucro líquido de US$ 8,1 bilhões, impactado positivamente pelo efeito da apreciação do real sobre a dívida. Entre os destaques, estão a geração de fluxo de caixa operacional e a de fluxo de caixa livre, totalizando US$ 10,8 bilhões e US$ 9,3 bilhões, respectivamente, e o EBITDA ajustado de US$ 11,8 bilhões, 32% acima do trimestre anterior”, divulgou a estatal em nota.

Também conhecido como Lajida, a sigla Ebitda (em inglês, Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) significa “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”.

Leia mais: Como Analisar Empresas com a Análise Fundamentalista.

Petrobras pagará dividendos em 2021?

Segundo a Petrobras, o resultado positivo permitirá antecipar pagamento de dividendos à União e aos acionistas minoritários.

“Em função desse resultado, o Conselho de Administração da companhia aprovou a antecipação do pagamento de remuneração ao acionista referente ao exercício de 2021 no montante de US$ 6 bilhões, sendo US$ 4 bilhões [R$ 21 bilhões] a serem pagos em 25 de agosto deste ano e US$ 2 bilhões [R$10,6 bilhões] em 15 de dezembro de 2021. Dessa forma, a Petrobras compartilha os ganhos financeiros com a sociedade brasileira. A União, acionista controlador, receberá R$ 11,6 bilhões desse valor e, somadas as parcelas já pagas, o montante chegará ao final de 2021 em R$ 15,4 bilhões.”

A Petrobras destacou também a redução do endividamento, que chegou a uma dívida bruta de US$ 63,7 bilhões, 10,3% inferior ao trimestre passado. O valor está abaixo da previsão para este ano (US$ 67 bilhões) e muito próximo do objetivo de atingir US$ 60 bilhões, inicialmente previsto para o fim de 2022.

O presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, comemorou os números positivos da empresa, frisando que a companhia continua pautada em decisões técnicas.

“É um prazer apresentar os excelentes resultados operacionais e financeiros do segundo trimestre de 2021. Continuamos trabalhando duro, amparados em decisões absolutamente técnicas; evoluindo e tornando-nos mais fortes para melhor investir, suprir um mercado cada vez mais exigente e gerar prosperidade para nossos acionistas e para a sociedade”, afirmou Silva e Luna.

Quanto a Petrobras vai pagar de dividendos em 2021?

Os valores serão pagos da seguinte maneira: a primeira parcela, de R$ 21 bilhões, com valor bruto por ação de R$ 1,609911, terá “data-com”, ou seja, último dia em que as ações darão direito aos proventos, no dia 16 de agosto. A partir do dia 17, os papéis PETR3 e PETR4 serão negociados “ex-dividendos”, o que significa que quem não tiver essas ações em carteira no fechamento do dia anterior perderá o direito de receber os valores.

Já a data de pagamento desta primeira parcela será no dia 25 de agosto para os investidores detentores dos papéis na B3 e no dia 1º de setembro para quem detiver ADRs (na prática, os recibos de ações da Petrobras negociados na Bolsa de Nova York).

A segunda parcela, por sua vez, é de dividendos num total de R$ 10,6 bilhões, ou R$ 0,812622 por ação e terá “data-com” no dia 1º de dezembro. O pagamento será no dia 15 de dezembro para quem detiver papéis na B3 e 22 de dezembro para quem detiver ADRs na Nyse.

No total, serão pagos R$ 2,422533 por papel da estatal, o que resulta em um dividend yield (dividendo dividido pelo preço da ação) de 9,07% para as ações ordinárias PETR3 e de 9,22% para as preferenciais PETR4 considerando o valor de fechamento de cada uma nesta quarta-feira (04/08).

Planilha de Organização Financeira

Baixe agora mesmo a nossa planilha para organizar as finanças da sua casa. É totalmente gratuita e ainda conta com uma aula explicativa.

Quero minha planilha!

Principais destaques da Petrobras no 2T21

  • EBITDA ajustado de US$ 11,8 bilhões, 32% acima do trimestre anterior.
  • Lucro líquido impactado positivamente pelo efeito da apreciação do Real sobre a dívida.
  • Fluxo de caixa operacional e fluxo de caixa livre expressivos, totalizando US$ 10,8 bilhões e US$ 9,3 bilhões, respectivamente.
  • Entrada de caixa referente a venda de ativos de US$ 2,8 bilhões até 03/08/2021.
  • Redução de US$ 27,5 bilhões na dívida bruta na comparação anual e de US$ 7,3 bilhões na comparação trimestral, alcançando US$ 63,7 bilhões.
  • Dívida Líquida / EBITDA ajustado atingiu 1,49x em 30 de junho de 2021, a melhor marca desde o 3T11, quando os arrendamentos ainda não faziam parte do endividamento.

O relatório completo pode ser acessado na página da empresa na internet.

Fonte: Agência Petrobras